Campanha do longa “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” propõe importantes reflexões sobre preconceito e exclusão

Juan Paiva e Zezé Motta em “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” (2020), de Jeferson De. Crédito: divulgação.

Com estreia nos cinemas em 3 de dezembro, o filme “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” (2020), de Jeferson De tem incitado questionamentos e gerado grande repercussão. As produtoras MigdalBuda Filmes e a distribuidora Paris Filmes decidiram abraçar o debate em torno do filme e das causas que defendem e lançam a campanha #M8MeConteOSeuNome, incentivando o público a compartilhar depoimentos nas redes sociais.

No perfil do filme no Instagram (@m8ofilme), a iniciativa começou com o depoimento de Maurício (interpretado por Juan Paiva): “Eu sou cotista e o único aluno negro no curso de medicina”. Em “M-8” o jovem protagonista ingressa como aluno cotista da Universidade Federal de Medicina e é confrontado com uma dura realidade ao chegar na instituição: os únicos negros na faculdade são funcionários, ou corpos preservados para o estudo de anatomia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“M-8” narra a poderosa história de Maurício, que se vê envolvido com M-8 (Raphael Logam), como é chamado o corpo do jovem morto que servirá para estudo. O protagonista inicia uma saga para desvendar sua identidade, enfrentando as próprias angústias e repensando o próprio lugar na sociedade. Além de refletir sobre preconceito e exclusão, o filme toca em questões universais sobre sentimentos e relacionamentos.

Baseado no livro homônimo de Salomão Polakiewicz, o longa saiu vencedor na categoria Melhor Filme de Ficção, por voto popular, do último Festival do Rio.  Integram o elenco Juan Paiva, Mariana Nunes, Giulia Gayoso, Bruno Peixoto, Fábio Beltrão, Zezé Motta, Malu Valle, Dhu Moraes, Henri Pagnoncelli, Pietro Mario, Alan Rocha, Higor Campagnaro e Raphael Logam, como M-8. Ailton Graça, Léa Garcia, Rocco Pitanga e Lázaro Ramos fazem participações especiais.

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: