Produtora lança na internet série de programas sobre leituras e histórias contadas pelo escritor Eric Nepomuceno

O escritor Eric Nepomuceno. Crédito: CWeA Comunicação.

Após pouco mais de um mês do início do período de isolamento social e quarentena devido à pandemia do Covid-19, a Nepomuceno Filmes desde ontem, 27 de abril de 2020, realiza um combo de conteúdo inédito na internet, composto por duas séries e um curta-metragem produzidos de forma totalmente independente ao longo do mês de abril. Filmados através de um aparelho de telefone celular e editados em um laptop, as séries “Leituras na Quarentena”, “Dias e Noites de Amor e de Guerra” e o curta-metragem “Cinco anos de solidão” foram feitos na serra de Petrópolis, onde Eric Nepomuceno está confinado com a mulher e o filho.

Leituras na Quarentena é uma série de 40 programas de aproximadamente dois minutos cada, com sugestões de livros, autoras e autores, para ajudar a enfrentar a solidão e o isolamento. Apresentada pelo escritor que entre uma e outra dica de leitura revela histórias de amigos como Gabriel García Márquez, Cristovão Tezza, Juan Rulfo, Fernando Morais, e memórias pessoais relacionadas a livros como “O Apanhador no Campo de Centeio”, de J.D. Salinger, “Antes do Baile Verde”, de Lygia Fagundes Telles, “O Quarto de Giovanni”, de James Baldwin, e personagens como Mafalda e Tom Sawyer.

Ficar sozinho é uma coisa, sentir solidão é outra. Eu, por exemplo, adoro ficar sozinho. Sempre que posso, escolho essa situação. Mas não ter essa escolha é, para mim, assustador: muito diferente de me isolar, é ser isolado. Ficar isolado, sem poder ver amigas e amigos de décadas e que estão logo ali, ao alcance da mão. Pensando nisso, pensei em maneiras de combater o vazio do isolamento…

…E cheguei à conclusão de que ler é o melhor remédio. Ao longo de anos e anos eu disse e redigo que nenhum, nem um único livro, mudou a história do mundo. Nem mesmo a obra de ficção mais lida e traduzida na história da humanidade, a Bíblia, mudou o mundo. O que os livros podem mudar e muitíssimas vezes mudam é a nossa maneira de ver a vida e o mundo. E nos levar a tentar, então, mudar a realidade que nos rodeia ou buscar a realidade que nos foi escondida”, diz Eric Nepomuceno.

“Dias e Noites de Amor e de Guerra” é um conjunto de 16 programas de aproximadamente três minutos cada, com leituras da obra de Eduardo Galeano, no ano em que o escritor uruguaio completaria 80 anos, realizadas pelo seu amigo e tradutor, Eric NepomucenoCinco Anos de Solidão retrata um casal em isolamento em uma cidade no interior do Rio de Janeiro, rodeado de árvores e livros, lidando com memórias e ausências, durante a quarentena de abril.

O curta-metragem é uma carta de amor e resistência em um tempo trágico, composto por incertezas e esperanças. As séries “Leituras na Quarentena”, “Dias e Noites de Amor e de Guerra” e o curta-metragem “Cinco anos de solidão” seguem a mesma linguagem apresentada pela produtora carioca em consagradas séries como “Sangue Latino” (Canal Brasil) e longas-metragens como “Lugar de Fala”, exibido recentemente na mostra Première Brasil do Festival do Rio.

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: