Editora Dois por Quatro lança livro sobre a “Primeira Circum-Navegação brasileira e primeira missão do Brasil à China (1879)”

Crédito: editora Dois por Quatro.

A editora Dois por Quatro acaba de lançar o livroPrimeira Circum-Navegação brasileira e primeira missão do Brasil à China (1879)”, dos autores Marli Cristina Scomazzon e Jeff Franco. O feito de tão arriscada viagem coube à Marinha do Brasil com 197 homens – 22 oficiais, 126 marinheiros imperiais, 15 foguistas e 21 soldados navais. Muitos marinheiros acabaram ceifados por enfermidades como o beribéri. Alguns desertaram e outros não puderam voltar com a guarnição, pois permaneceram hospitalizados. A viagem de volta ao mundo durou 430 dias, sendo 268 de viagem e 162 nos portos e foi comandada pelo capitão de fragata Júlio César de Noronha.

O navio carregou consigo também a primeira missão diplomática brasileira que por três anos buscou um acordo para trazer ao Brasil mão de obra chinesa. A missão, cercada de polêmica no Brasil e no mundo, teve como enviados extraordinários o diplomata Eduardo Callado e o contra-almirante Arthur Silveira da Motta, futuro barão de Jaceguai.

Para esta nova obras, os autores fizeram pesquisas em diversos arquivos brasileiros e de outros países para coletar documentos, fotografias e ilustrações para o livro, que aborda um tema até agora inédito. “Nossa proposta foi recuperar uma aventura levada com heroísmo por centenas de marinheiros anônimos, alguns dos quais até perderam a vida. A viagem é um episódio da história brasileira que estava escondido em vários repositórios. Em outros arquivos foi possível recuperar os registros da primeira missão brasileira à China, envolvendo uma grande polêmica, o que é um exemplo de como os fatos evoluem na crônica da vida política do nosso país”, explicam os autores. “Escrevemos este livro com muito entusiasmo por recuperar um tema até então inédito, uma parte interessante da memória nacional e também por ser uma história repleta de curiosidades”, concluem.

Crédito: editora Dois por Quatro.

Marli Cristina Scomazzon nasceu em Garibaldi, no Rio Grande do Sul. Formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com Mestrado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mora em Florianópolis desde 1985. Trabalhou em vários jornais e revistas e, atualmente, é assessora de imprensa do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica (Sinergia). Recebeu em 2016 a Medalha do Mérito Cultural Cruz e Sousa, do Governo de Santa Catarina, e, em 2017, o prêmio Lucas Boiteux de História do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (IHGSC), do qual é membro. A autora pertence à Academia Argentina das Ciências da Comunicação e ao Instituto Histórico de Juanicó (Uruguai).

Já Jeff Franco é pesquisador, nível universitário. É coautor de A Caminho do Ouro – norte-americanos na Ilha de Santa Catarina” (2015) e “História Natural da Ilha de Santa Catarina: o códice de Noronha” (2017). Vive atualmente no exterior.

 

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: