Festival de Roteiro Audiovisual (ROTA) realiza sua 5ª edição em março

Crédito: divulgação.

Tradicionalmente realizado no segundo semestre, o Festival de Roteiro Audiovisual (ROTA) acontece mais cedo este ano: a quinta edição do evento ocorre de 16 a 21 de março de 2021. Assim como em 2020, o formato será exclusivamente virtual, em razão da pandemia. Com isso, os roteiristas poderão participar, a distância, das diferentes atividades previstas na programação – concurso de roteiros de curta-metragem, encontro de negócios, laboratório de projetos de série, mostra competitiva de curta-metragem e seminário. As inscrições para o concurso, o encontro, o laboratório e a mostra serão abertas no dia 20 de janeiro, no Site Festival.

Já os convidados do seminário serão divulgados em breve. Os painéis vão estimular a troca de experiências e tratar de questões relevantes à prática da profissão em palestras, masterclasses, mesas-redondas, estudos de caso e uma entrevista com um roteirista consagrado. O público de casa terá acesso aos debates, transmitidos gratuitamente via Facebook e YouTube, e poderá participar da edição elegendo seus favoritos em duas competições. Além da avaliação feita por um júri profissional, haverá votação popular para os curtas da mostra, que ficarão disponíveis no site do evento, e os pitchings dos finalistas do laboratório de projetos de série, que poderão ser acompanhados em tempo real pelas redes sociais.

Em 2021, o ROTA será antecipado por ter sido contemplado em edital da Lei Aldir Blanc, que estabelece ações emergenciais destinadas ao setor cultural durante a pandemia. Idealizado em 2017 por Gabriela Liuzzi DalmassoCarla Perozzo e Evandro Melo, o evento cresce a cada ano e vem consagrando-se como um espaço de congregação entre profissionais e o mercado audiovisual.

A aprovação foi uma grande conquista para nós, porque viabilizou dois dos nossos grandes objetivos: fazer um evento 100% gratuito e pagar pessoas envolvidas na execução do festival que vinham trabalhando como voluntários até então”, comemora Gabriela. “A mudança da data, inclusive, pode ser benéfica para o nosso público, uma vez que a grande maioria de eventos ligados a roteiro acontece no segundo semestre”, completa.

Desta vez, a equipe já conta com a expertise de ter organizado uma edição virtual em 2020, considerada um sucesso pelos organizadores. “No começo, ficamos apreensivos, mas não tardamos a perceber as vantagens do novo modelo: poderíamos convidar curadores, jurados e palestrantes de qualquer lugar do mundo, como foi o caso do roteirista David França Mendes, que atualmente reside na Alemanha. Poderíamos alcançar um público maior também. De fato, observamos participantes dos quatro cantos do país e do exterior”, analisa Carla.

Nesses cinco anos dedicados à valorização da profissão de roteirista, o interesse pelo festival vem aumentando: foram quase 200 inscritos em 2017 e 1.339 em 2020, com candidatos de 24 estados brasileiros. “Chegamos a cidades remotas de quase todos os estados do Brasil, onde sabemos que nem cinemas existem. Esse crescimento é bem significativo, não só da visibilidade que o ROTA adquiriu na comunidade do audiovisual como um todo, como também é um reflexo de como estávamos carentes de iniciativas como esta e de todos os festivais parceiros, como o Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre (FRAPA), o Cabíria Festival e o Serie Lab”, diz Evandro.

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: