Grupo de Estudos 9 de Maio (GE9M) debate o “Cerco a Leningrado” neste sábado

Em 3 de agosto de 1942, cidadãos de Leningrado limpam uma rua, após o primeiro inverno na cidade sitiada. Crédito: Vsevolod Tarasevich / RIA Novosti.

O Grupo de Estudos 9 de Maio (GE9M) promove neste sábado, 27 de março, às 19h, uma discussão histórica sobre o Cerco de Leningrado (atual São Petersburgo), durante a Segunda Guerra Mundial, que será aberta ao público e transmitida online, ao vivo, gratuitamente, através do Canal do GE9M no YouTube. Iniciado em 1941, o cerco durou quase 900 dias e causou inúmeras perdas à cidade de Leningrado na União Soviética. Mesmo assim, foi um dos episódios de resistência que marcou a história civil e militar.

Em 8 de setembro de 1941, estando a cidade já completamente cercada, os alemães passaram a bombardeá-la dia e noite. A estratégia nazista também consistia em atacar diretamente seus habitantes com cortes em abastecimento de alimentos e outros mantimentos básico.

Crédito: GE9M.

Porém, com o tempo o Exército Vermelho conseguiu romper o cerco e permitir à população voltar a ser minimamente suprida, através do lago Ladoga. Foi o suficiente para que a cidade não fosse totalmente devastada. Os soviéticos chamariam este rota, posteriormente, de “Estrada da Vida” (Дорога жизни). O Cerco resultou em 1,5 milhões de vidas perdidas, a maioria civis.

Para saber mais destes acontecimentos na história e como foi possível aos soviéticos vencer os nazistas em mais uma situação de extrema dificuldade, o evento contará com a presença de Eden Pereira Lopes Silva e Ricardo Quiroga, pesquisadores de história contemporânea com ênfase na União Soviética, colunistas da Intertelas e membros do GE9M. Para acompanhar a conversa, acesse o link abaixo.

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: