IPIA abre inscrições para o curso “A escrita literária e a emancipação feminina”

O Instituto IPIA – Comunidade de Pensamento convida o público em geral para o curso “A escrita literária e a emancipação feminina”, que iniciará neste mês de agosto com duas turmas. O objetivo principal do conteúdo programático é tentar corrigir um injusto déficit histórico de gênero e raça que subjuga a produção literária feita por mulheres. O IPIA compreende que a literatura escrita por elas produz diferença no mundo e tem potência de causar fissuras no pensamento hegemônico dominante. Deste modo, ler e estudar a literatura escrita por mulheres ensina novos modos de existência, de relações, de sensações, auxiliando, portanto, no campo ético e político.

Crédito: Homo Literatus.

Neste curso, pretende-se abordar e refletir de forma integrada o trabalho das mulheres que escreveram literatura e pensaram as condições materiais necessárias para realização literária, condições estas que lhe foram negadas, muitas vezes, até violentamente. Pretende-se pensar coletivamente sobre o sentido e implicações do termo “Literatura feminina” e como este foi problematizado pelas escritoras cujos trabalhos serão discutidos ao longo dos encontros. Além da literatura, algumas profissionais que atuaram ainda na política e o ofício artístico terão seus trabalhos incluídos na discussão.

Abaixo segue o conteúdo programático e demais informações sobre o curso:

PRIMEIRO ENCONTRO: VIRGINIA WOOLF – A ESCRITA LITERÁRIA E A EMANCIPAÇÃO FEMININA
Textos de apoio: Um teto todo seu, Profissões para mulheres e outros artigos feministas

SEGUNDO ENCONTRO: ANA CRISTINA CESAR – LITERATURA E MULHER: ESSA PALAVRA DE LUXO. Para pensar a escrita literária e a ideia de literatura feminina
Textos de apoio: Escritos do Rio, presentes no livro “Crítica e Tradução”.

TERCEIRO ENCONTRO: ELENA FERRANTE – UMA NOVA COSTUREIRA PARA AS MÃES. A força das personagens femininas da escritora italiana Elena Ferrante.
Livros de apoio: Tetralogia napolitana, A filha perdida, Um amor incômodo e Dias de Abandono

QUARTO ENCONTRO: CHIMAMANDA NGOZI ADICHIE – TORNAR-SE MULHER NA NIGÉRIA E TORNAR-SE NEGRA NA AMÉRICA
Livros de apoio: Americanah, Hibisco Roxo, No seu pescoço

QUINTO ENCONTRO: Conceição Evaristo: escrever para resistir
Livros de apoio: Olhos d’água; Insubmissas lágrimas de mulheres e Ponciá Vivêncio

DUAS TURMAS!
QUANDO:
QUINTAS-FEIRAS: 09/08; 16/08; 23/08; 30/08 e 06/09
HORÁRIO: Das 19:30h às 22:00h
CARGA HORÁRIA: 12:30h

SEGUNDAS-FEIRAS: 13/08; 20/08; 27/08; 03/09 e 10/09
HORÁRIO: Das 19:30h às 22:00h
CARGA HORÁRIA: 12:30h

QUANTO:
R$ 220,00 para participantes dos cursos IPIA (através de depósito)
R$ 250,00 para novos participantes (através de depósito bancário)
R$ 275,00 (através do PagSeguro – crédito parcelado com juros em até 12x)

INSCRIÇÕES AQUI: https://goo.gl/DEowHU

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: Não é necessário ler as obras antes do curso. Nossos encontros são expositivos e faremos as discussões em grupo. Além disso, disponibilizaremos alguns livros em PDF e forneceremos material do curso.
Obs.: Os homens também são bem-vindos, porque as discussões sobre o feminismo não podem se limitar ao ciclo de mulheres.

SOBRE O IPIA 
IPIA- Comunidade de Pensamento é um Instituto que busca promover uma formação humanista através do encontro, estudando as humanidades e as ciências sociais (filosofia, história, geografia, direito), sempre pensando com a arte (literatura, música, teatro, artes plásticas, cinema etc). Estamos falando de uma educação para aqueles que não são, necessariamente, especialistas e pesquisadores. Nossos cursos são destinados a educadores, estudiosos, membros de organizações sociais, pensadores, artistas, escritores, curiosos e demais interessados.

Crédito: compilação de fotos do Baú de Fragmentos – Blogger.

Pessoas que buscam tanto um contato inicial quanto uma imersão mais aprofundada, cujo conteúdo pode (e deve) ajudá-las no seu desenvolvimento intelectual, emocional e cidadão. A formação humanista nos auxilia não só na atuação social e coletiva na prática da democracia, como também nos habilita ao desenvolvimento de lideranças capazes de criar e florescer nas diferenças e questões cotidianas. Trata-se da constituição de uma rede que promove experiências e encontros potentes para melhor atuar na vida prática.

SOBRE A DOCENTE VIVIANA RIBEIRO
Mestra em Filosofia pelo Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal Fluminense (PFI/UFF).  Docente e co-fundadora do IPIA Comunidade de Pensamento, responsável pelos cursos “A escrita literária e a emancipação feminina”; “Escrita de mulheres: textos políticos”; “Escrita de mulheres: do diário à guerra”; “Feminismo – Luta e Pensamento”. Realiza pesquisa na área de filosofia política, com ênfase no movimento feminista em sua perspectiva histórica de lutas. Estuda também o pensamento político dos filósofos Bento de Espinosa e Gilles Deleuze. Realiza pesquisas que entrelaçam literatura, filosofia e política. Integrante do Ciclo de Leitura Espinosa e Direito na PUC-Rio e do Grupo de Trabalho (GT) Gilles Deleuze da ANPOF.

Para mais informações consulte a página do IPIA  e do curso no Facebook:

IPIA Comunidade

“A Emancipação Feminina e a Escrita Literária”

Filmes recomendados pela IPIA:

“Quem tem medo de Virginia Woolf” (1966), dirigido por Mike Nichols.

“Um amor incômodo” (1995), dirigido por Mario Martone.

“Metade de um sol amarelo” (2014), dirigido por Biyi Bandele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: