Senge-RJ apresenta hoje o filme “Sessão Especial de Justiça” de Costa-Gravas

Cenas do filme “Sessão Especial de Justiça”.

Dando continuidade a Mostra “Cinema de Resistência & Debate”, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) vai exibir hoje, 23 de agosto, às 18h, na sede do Sindicato, Avenida Rio Branco, 277, auditório, 17° Andar, o filme “Sessão Especial de Justiça” (1974), dirigido por Costa-Gravas. A entrada é franca e a projeção será seguida de um debate com o cientista político Jorge Folena.

Neste filme, o diretor aborda o período da ocupação alemã na França. Nesta época, um jovem oficial da marinha alemã é morto em Paris por um grupo de ativistas de esquerda. O governo complacente de Vichy procura apaziguar os alemães localizando os perpetradores e concordando com a execução de seis pessoas. Para tanto, uma seção especial de justiça é montada.

Cenas do filme “Sessão Especial de Justiça”.

O governo de Vichy durou de 1940 a 1944 e ocorreu quando o Marechal Philippe Pétain assinou o acordo de rendição da França à Alemanha, dividindo o país em zonas ocupada e não ocupada. Desta forma, foi estabelecido um regime colaboracionista com os nazistas. Por “Sessão Especial de Justiça”, Costa-Gravas dividiu o prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cannes de 1975.

A produção foi ainda indicada ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro. Segundo André Araújo, em resenha sobre a obra, publicado no site GGN: “o filme deixa patente que a violação mais elementar de princípios universais de direito é um tribunal construir novas interpretações para o mesmo delito que ao ser perpretado era julgado de outra forma. Assim, acaba gerando, na realidade, uma punição retroativa ao torcer de tal forma o entendimento até este permitir a condenação, moldando a lei como massa de vidraceiro, dando a ela a forma que se queira para extrair dela a condenação. Trata-se de uma interpretação ultra “extensiva” da lei penal que universalmente, em todos os códigos e princípios é sempre “restritiva” como forma de dar um minimo de garantia aos réus, não podendo a interpretação da lei servir para aumentar a pena do réu”.

Trailer do filme “Sessão Especial de Justiça”.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: