BRICS: Mundo das Tradições integra o projeto “Visão para o Futuro 2020”, lançado em Nova Déli, Índia

A presidente do Fórum Internacional do BRICS, organizador e idealizador do projeto “Visões para o Futuro”, Purnima Anand (esq.) e a presidente da BRICS: Mundo das Tradições Liudmila Sekatcheva (dir.). Crédito: BRICS: Mundo das Tradições.

Continuando sua missão educacional nos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), a Organização Pública Regional BRICS: Mundo das Tradições tornou-se membro do Projeto Internacional “Visão para o Futuro – 2020 “, implementado de 12 a 14 de março de 2020 em Nova Déli, na Índia. O idealizador e organizador deste importante evento internacional foi o parceiro da Organização, o Fórum Internacional do BRICS, representado pela presidente, gerente de projetos multilaterais de sucesso nos países do BRICS. O projeto sob o lema “Diálogo internacional – A cooperação humanitária para os ‘Objetivos de Paz Mundial e Desenvolvimento Sustentável’ foi dedicado ao 150º aniversário de Mahatma Gandhi. A própria ideia em si fala de sua relevância e atualidade do programa BRICS.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O principal objetivo do projeto em 2020 é “fortalecer e promover, através de esforços conjuntos da diplomacia pública e agendas globais conscientes dos jovens, uma parceria estratégica especial e privilegiada entre a Índia e os países amigos do BRICS, G20, Organização para Cooperação de Xangai (OCX), União Europeia (UE), Comunidade dos Estados Independentes (CEI), União Econômica Euroasiática (UEE) para advogar pela paz e prosperidade nos campos da cooperação política e humanitária, digitalização, comércio e empreendedorismo, agricultura, indústria, energia, emprego, cooperação com a mídia, esportes, cultura e educação”.

O projeto, iniciado pelo Departamento Eurásia do Ministério das Relações Exteriores da República da Índia, é apoiado pela Embaixada da Federação Russa no país, pelo Centro Russo de Ciência e Cultura, pela ONGC Videsh e por organizações governamentais e públicas dos países do BRICS.  Segundo os organizadores do projeto, o diálogo entre os povos do BRICS é uma das principais prioridades da visão de longo prazo de cooperação da aliança e o programa “Visão para o Futuro 2020” fornecerá uma base para aumentar a importância e o nível de organizações públicas.

Os projetos anteriores foram bem-sucedidos e elogiados pela comunidade internacional. Em 2019, o programa contou com a presença de representantes de várias áreas, provenientes de mais de 22 países. Entre eles estão os senadores do Conselho da Federação da Rússia e deputados da Duma do Estado da Assembleia Federal, originários de diferentes regiões do país, líderes juvenis de vários outros países, bem como da Fundação Roscongress, Rosprom e do Grupo de Empresas Renova.

O projeto – 2020 foi muito diversificado, interessante e útil. No primeiro dia, convidados e participantes da Rússia, Índia, Bangladesh, Malásia e países da CEI visitaram o Complexo Memorial Gandhi Smriti e Darshan Samiti, onde se familiarizaram com a vida e obra de Gandhi. Os participantes honraram a memória desse grande líder no local de sua morte e visitaram lugares significativos associados à Gandhi.

O dia de Mahatma Gandhi terminou no salão do Complexo, onde os participantes foram premiados com letreiros memoráveis ​​e receberam um modelo de madeira da famosa roda giratória, considerada um símbolo da Índia Livre como presente. Um fenômeno simbólico é que, no corredor, em frente ao retrato de Mahatma Gandhi, está pendurado um retrato de Liev Tolstói, simbolizando a conexão moral dos grandes filósofos e pensadores dos dois países.

Crédito: BRICS: Mundo das Tradições.

O curador do Museu informou que a ideia de colocar um retrato do escritor russo no salão surgiu após a expedição cultural e educacional “Liev Tolstói e Mahatma Gandhi: uma herança única”, que a organização realizou em 2016 em várias cidades na Índia. O dia seguinte tornou-se uma parte oficial do “Visão para o Futuro”, durante o qual houve apresentações de projetos e programas existentes pelos participantes e discussão de outras inovadoras. A reunião foi realizada no famoso Palácio da Ciência do Ministério da Educação da Índia (Vigyan Bhawan).

Os convidados honorários da reunião foram o ministro do Trabalho e Emprego da Índia, o ministro do Bem-Estar Social da Índia, o diretor da Chaitanya Academy Prem Prayojan, o funcionário da Embaixada da Rússia na Índia Aleksei Iliuviev e o presidente da NPO “VIVATON” Aleksandr Savelov-Deryabin. O moderador foi Sergei  Dvorianinov, presidente do Clube Diplomático Internacional “Fmicability”, Rússia. A sessão foi aberta por Purnima Anand, que fez grandes esforços para garantir que o programa acontecesse em um momento difícil para o mundo.

A autoridade de Purnima na sociedade civil da Índia e no exterior permitiu reunir convidados e participantes honoráveis ​​de diferentes países. A assistência inestimável à Purnima e a todos os participantes foi fornecida por Aleksandr Senapatti, diretor de Planejamento Estratégico e Cooperação Internacional do Fórum Internacional do BRICS. A BRICS: Mundo das Tradições foi apresentada pela presidente Liudmila Sekatcheva, figura pública no campo da cultura e da esfera social, parceira da Organização Svetlana Otchkova e a indologista Guzel Strelkova.

Como parte da abertura do projeto “Visão para o Futuro” do BRICS, Liudmila Sekatcheva fez uma apresentação do projeto “Grandes Professores do BRICS”, mostrando uma foto da apresentação de cinco expedições nos países da aliança. A apresentação começou com um momento de silêncio em memória do “Pai da nação indiana”. O tópico foi compreensível para os convidados e a BRICS: Mundo das Tradições recebeu solicitações de indianos para serem participantes e assistentes deste projeto.

É simbólico que o tema “Grandes Professores do BRICS” tenha sido divulgado na Índia no aniversário da presidência russa do BRICS, no 150º aniversário do nascimento do grande professor indiano Mahatma Gandhi e no 10º aniversário do início dos trabalhos da Organização para a Iluminação da Filosofia da Não-Violência (Satyagraha) do “Pai da nação indiana” no BRICS e países da CEI. Durante a reunião, ilustres ministros e participantes deixaram seus autógrafos e desejos da Bandeira da Amizade, que percorreu todos os países do BRICS com o projeto. Os representantes da Organização distribuíram bandeiras e folhetos temáticos da iniciativa de manutenção da paz a todos os convidados de honra e participantes.

Crédito: BRICS: Mundo das Tradições.

No final da reunião, foi realizada a cerimônia de assinatura da Mensagem do BRICS sobre amizade, bondade, harmonia e confiança. Um grande evento foi a assinatura cerimonial do acordo de cooperação entre a BRICS: Mundo das Tradições e o Fórum Internacional do BRICS, que objetivam a aproximação dos povos e determinação de formas que visem desenvolver uma interação amigável entre os povos com base em valores morais. Nos termos deste contrato, os parceiros continuarão em conjunto a implementação do projeto “Grandes Professores do BRICS” e de outros novos na Rússia, Índia e outros países do BRICS até 2025.

Entre eles, o projeto histórico e literário “Povos do BRICS – para Heróis da Guerra”, baseado em uma exposição de livros sobre a Segunda Guerra Mundial e a Grande Guerra Patriótica, publicado em cada país do BRICS e falando sobre participação de cada povo desses paises no conflito e o papel principal dos soldados vitoriosos soviéticos nessas guerras; projeto criativo “Artistas da Rússia – com Amor pelos professores ” nos países do BRICS; o projeto de pesquisa cultural de longo prazo sobre “Diplomacia Pública no Campo dos BRICS” nas regiões da Rússia e nos países da aliança, a cadeia de projetos “BRICS: unidade na diversidade de arte”, com a participação de profissionais de todos os tipos de arte dos países da aliança, que terão início em 2020 na região de Tver; e o projeto educaiconal e de melhoria da saúde “Povos do BRICS escolhem a vida”.

Este ano, a Organização está lançando um projeto sociocultural exclusivo “BRICS: Aquecendo os corações das pessoas”, a fim de fornecer apoio social e moral a crianças e idosos carentes nos países da aliança. Nos países do BRICS serão realizados leilões de caridade, de pinturas, artes e ofícios de mestres destas nações, cujos rendimentos serão direcionados aos cidadãos dessas categorias. Este trabalho já está em andamento na Rússia. Portanto, a delegação da Organização iniciou sua participação no projeto indiano, visitando um lar de idosos “A Sociedade Cristã Amiga em Necessidade de Délhi: lar de idosos” em Nova Déli. Os convidados receberam caixas de chocolates russos, bandeiras e lembranças.

As pessoas que integram esta instituição agradeceram a visita com grande demonstração de afeto. Liudmila Sekatcheva e Svetlana Otchkova, que estão envolvidas com idosos na Rússia nas pensões “Sudarushka” (Nova Moscou) e “Zelenaya Sloboda” (região de Moscou), reuniram-se com a gerência da pensão, na qual as partes expressaram sua opinião, intenção de continuar a cooperação no formato de troca de experiências entre pensões, eventos, planos, possível ajuda e apoio conjunto. Durante o projeto, Liudmila Sekatcheva realizou várias reuniões e negociações importantes com participantes da Índia e Bangladesh que seguindo a mesma linha, planejam cooperar com a Organização em vários campos.

Entre eles, Srikumar Nair, diretor geral de relações internacionais e cooperação da Confederação das Indústrias Indianas, Dato Gunahlam Subramaniam, diretor da Gunahlam Universal Consultancy, Bangladesh e Deepanshu Gupta, membro de muitos programas do BRICS na Índia e na Rússia. Todos os materiais de apresentação e distribuição apresentados pela Organização em eventos e reuniões foram feitos com o apoio financeiro de seu parceiro permanente – ASKOM Company, Moscou, representado pelo diretor geral Aleksandr Raznatovski.

Como parte do programa cultural, os participantes visitaram o famoso Taj Mahal em Agra e a extraordinária beleza do Templo Akshardham – um grande monumento da espiritualidade e cultura hindu e indiana. O alto nível de organização do projeto, mais uma vez, foi confirmado pela real capacidade do Fórum Internacional do BRICS, liderado por Purnima Anand, de realizar eventos internacionais de grande escala, unindo a sociedade civil da aliança e a crença de que em tais eventos abrem-se a perspectivas com alma e mente de olhar para o futuro do BRICS.

Na véspera da presidência russa dos BRICS em 2020, o presidente Vladimir Putin formulou em seu discurso a tarefa específica da aliança por muitos anos, afirmando:  “o principal objetivo dos BRICS é garantir que a interação da união dos Estados traga benefícios reais para os cidadãos, ajude a melhorar a qualidade de vida … Devemos zelar pela pessoas ”. O projeto em março de 2020 em Nova Déli responde plenamente ao apelo sócio-moral do Presidente da Rússia.

Crédito: BRICS: Mundo das Tradições.

“Visão para o Futuro 2020” é uma plataforma confiável para interação organizações de diplomacia pública dos países do BRICS, esforçando-se para unir e construir suas relações com base nos ensinamentos morais dos grandes professores deixados aos seus descendentes. “Visão para o Futuro 2020” é uma pista para aqueles que se esforçam por sua excelência para mudar o mundo para melhor.

Tradução – Alessandra Scangarelli Brites

Fonte: Texto originalmente publicado no site do БРИКС. МИР ТРАДИЦИЙ
Link direto: http://www.bricsmt.ru/index.php/zhurnal/91-velikieuchitelya-briks-videnie-budushchego

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: