Animação nacional “Tainá e os Guardiões da Amazônia” chega à Netflix

Crédito: Sincrocine/Hype/Viacom.

A série “Tainá e os Guardiões da Amazônia”, produzida pelo estúdio carioca Sincrocine Produções em coprodução com a Hype de Porto Alegre e o grupo Viacom, faz sua estreia no streaming pela plataforma Netflix. Adaptação animada da trilogia de sucesso do cinema nacional é direcionada ao público pré-escolar. Com 26 episódios de 11 minutos, mostra as aventuras da indiazinha Tainá e seus amigos animais: o macaco Catu, o urubu-rei Pepe e a pequena ouriça Suri. Sempre a postos para cuidar da floresta e dos amigos, “Tainá e os Guardiões da Amazônia” traz mensagens de respeito, de amizade e de cuidado com a natureza.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A série contou com recursos da Ancine e do Fundo Setorial do Audiovisual, patrocínio da RioFilme e da Norsul, e apoio do BNDES. A criação é de Pedro Carlos Rovai e Virginia Limberger, com direção de André Forni e produção e Carolina Fregatti e produção executiva de Marcela Baptista. Inteiramente produzida em animação 3D, “Tainá e os Guardiões da Amazônia” teve sua primeira exibição no canal por assinatura Nickelodeon e Nick Jr (do grupo Viacom) em 2018 e no ano seguinte ocupou a grade de programação da TV aberta, na Band.

Destinado a crianças de três a seis anos, “Tainá e os Guardiões da Amazônia” usa personagens brasileiros para estimular nas crianças o respeito à diversidade, às diferenças culturais, com uma mensagem de amizade e ecologia. “Além de trazer estas temáticas, o ponto principal do desenho foi ter um pouco da nossa cultura transformada em aventura, de um jeito que as crianças vão conseguir compreender”, acredita o diretor André Forni. Para ele, a forma encontrada foi criar momentos divertidos, mas dentro da cultura indígena, dos povos ribeirinhos da Amazônia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O diretor relembra que um trabalho de pesquisa serviu de base para a animação. “Os animais do desenho são os animais reais. As situações são fantásticas, mas baseadas em fatos reais”, explica. “O que eu mais gosto no projeto é poder contar – através de histórias que cativem as crianças – um pouco da nossa cultura também”, conclui.

Na trama, Tainá e seus amigos vivem no alto da Grande Árvore, a mais alta e mãe de todas as árvores. Os animais já sabem que, quando precisam de ajuda, é só chamar Tainá com o grito “Cru-Cru”. De boca em boca, o chamado viaja pela imensidão da floresta até encontrar Tainá, que estará sempre pronta para encarar todos os desafios.

A Sincrocine é uma produtora audiovisual independente que teve decisiva contribuição na conquista de público para os produtos nacionais. Em seus quase 40 anos de atuação, tem acumulado milhões de espectadores no Brasil e no exterior. Em seu extenso currículo constam 23 filmes de longas-metragens, 17 curtas e 11 peças teatrais. Faz parte desse acervo a premiada trilogia de filmes infantis “Tainá” e as comédias românticas da franquia “Qualquer Gato Vira-Lata”. A empresa tem tido atuação relevante igualmente na esfera teatral, como produtora de espetáculos memoráveis, como “Piaf”, o grande sucesso de Bibi Ferreira. Atua em conjunto com a Tietê Produções Cinematográficas.

Já a Hype é um estúdio de animação de Porto Alegre, dedicado a produção de filmes e séries. O estúdio é responsável pelo premiado curta-metragem “Ed” (2013). Com o sucesso da série “Dino Aventuras” (2015), produzido pela Danone-Cinefilm e transmitida pelos canais Disney Junior e Disney Channels, o estúdio decidiu ingressar no mercado de propriedade intelectual criando o Hype Lab para desenvolver marcas e produtos para comercialização, plataformas multimídia, direitos e licenciamento. Outro projeto de sucesso produzido pelo estúdio é “Tainá e os Guardiões da Amazônia” (2018), série baseada no filme brasileiro Tainá e transmitida pela Nickelodeon. Em 2020, estreou no Canal Disney Junior Brasil, a série de animação “Viola e Tambor”, em coprodução com o estúdio chileno Punkrobot.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por fim, a Viacom International Media Networks (VIMN) Americas é proprietária e opera um portfólio de diversas marcas de entretenimento que inclui MTV, Nickelodeon, Nick Jr., Comedy Central, Paramount Channel, Porta dos Fundos, Telefe, VH1, e seus respectivos canais em HD na América Latina (incluindo o Brasil). O portfólio da companhia inclui ainda a marca Tr3s, nos Estados Unidos, voltada a uma ampla audiência de norte-americanos hispânicos e os acordos de programação da VIMN no Canadá com a Corus Entertainment para Nickelodeon e Bell Media para MTV e Comedy Central.

A VIMN também alcança um crescente número de consumidores conectados digitalmente por meio de seus múltiplos websites e sua vasta oferta de aplicativos móveis que incluem MTV Play, Comedy Central Play e Nick Play. Além disso, oferece produtos de conteúdo móvel diretamente ao consumidor como Noggin para crianças em idade pré-escolar e BET Play aos fãs da cultura afro-americana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: