5 filmes que levam você a uma viagem à capital da Índia

Forte Vermelho, na Velha Delhi. Credito: Florencia Costa

Quer viajar para a capital da Índia mas o sonho é impossível em um momento em que os países estão fechados devido à pandemia do Coronavid? Simples; Assiste alguns filmes que te levam a essa cidade impressionante, com sua parte moderna e sofisticada e sua parte antiga, histórica e inesquecível. Aqui vai uma relação de cinco filmes que exibem as duas faces da mesma moeda: Delhi. Aproveite a quarentena para fazer essa viagem virtual pela capital indiana em filmes de ficção:

Delhi 6 (2009)
É o código postal de Old Delhi, a parte antiga da capital indiana.  O filme descortina a vida das pessoas que residem nessa região vibrante. Roshan, um jovem americano de origem indiana vai para a Índia acompanhando a sua avó, que está doente e quer visitar seu país natal, especificamente a casa onde viveu, na Velha Délhi, a parte medieval cidade. Mas Roshan tem um choque cultural após chegar à Índia. Ele acompanha a sua avó na loja tradicional de doces, na tradicional encenação do épico Ramayana  (Ramleela), ou seja, vai se adaptando à cultura e à vida indiana.

O filme mostra pontos famosos dessa região, como o lendário bazar da Chandni Chowk, a imponente Jama Masjid, a maior mesquita da Ásia, do século 17,  e o Forte Vermelho medieval, que começou a ser construído em 1639, a mando de Shah Jahan, o mesmo imperador que  mandou erguer o Taj Mahal. O filme é uma homenagem do diretor Rakeysh Omprakash Mehra ao bairro onde cresceu. Com os atores Abhishek Bachchan e Sonam Kapoor.

Band Baaja Baaraat (2010)

A história de negócios e amor de dois ambiciosos jovens  que vivem em Delhi. O relaxado Bittoo (papel desempenhado pelo ator Ranveer Singh) e a determinada Shruti  (Anushka Sharma) se odeiam de cara, mas acabam dando-se as mãos em um negócio de planejamento de casamento. O amor cria complicações, mas o resto da história mostra como se reconciliam. Aparentemente a história soa como aquele velho roteiro de amor bollywoodiano, mas o filme, dirigido por Maneesh Sharma, mostra a vida real da classe média da Delhi contemporânea.

Delhi Belly (2011)
Deliciosa comédia nada ingênua de Bollywood. Três protagonistas que dividem um bagunçado apartamento na Velha Délhi, a parte medieval da capital indiana, se metem em perigosas confusões com mafiosos que fazem contrabando de diamantes. Com ritmo frenético e passagens bastante engraçadas, pelo menos para quem conhece bem a Índia, o filme mostra as caóticas vielas dessa parte da capital indiana, com seus emaranhados de cabos elétricos, espaços superdisputados e tráfego exasperador. O roteiro, muito elogiado pela crítica, é de autoria de Akshat Verma. O filme foi dirigido por Abhinay Deo e tem como um dos principais atores Imran Khan, sobrinho de Aamir Khan, uma das maiores estrelas de Bollywood.

Chandi Chowk to China  (2009)

Comédia de ação dirigida por Nikkhil Advani, estrelando Akshay Kumar e Deepika Padukone. Um vendedor de vegetais na icônico bulevar medieval de Chandni Chowk, na parte velha de Délhi, acaba indo parar numa aventura na China onde é confundido como uma reencarnação de um revolucionário chinês.  O Chandni Chowk é um dos mais antigos e lotados bazares da Velha Délhi:  foi construído no século 17 pelo imperador Shah Jahan e desenhado por sua filha preferida, Jahanara.  

Rajma Chawal (2018)  

O jovem Kabir Mathur  perde a mãe, acaba mudando para a Velha Délhi, a parte antiga da capital da Índia. Ele segue seu pai viúvo e vai viver na antiga casa da família, na região do famoso bazar Chandni Chowk, o coração da Velha Délhi. Engenheiro e músico de uma banda, Kabir não se adapta de volta ao bairro de sua família porque ali ele sente mais saudades de sua mãe. O filme exibe a atmosfera caótica das vielas da Velha Délhi, com seus formigueiros humanos, enxames de riquixás de bicicleta , lojinhas empoeiradas e atulhadas de  produtos, os vendeores de rua, os casarões antigos, as lojinhas de petiscos, como a tradicional samosa. Para quem já visitou ou vivei na capita indiana, não dá para não sentir saudades, ao assistir esse filme. Como diz a letra tocada pelo personagem Kabir: “Meu coração pertence a Chndni Chowk”.

Fonte: Texto originalmente publicado no Beco da Índia.
Link direto: http://becodaindia.com/5-filmes-que-levam-voce-a-uma-viagem-a-capital-da-india/

Equipe Beco da Índia

 

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: