Escritores e jornalistas dos países do BRICS documentam a Segunda Guerra Mundial em seus livros

Crédito: http://www.nkibrics.ru/

Escritores e jornalistas dos países do BRICS dedicam estudos sobre a Segunda Guerra Mundial nas páginas de seus livros. Os soldados dos cinco países participaram do conflito armado. Eles lutaram em cinco frentes, mas alcançaram uma vitória comum.

A China lutou contra os agressores japoneses, Índia, África do Sul, Rússia e Brasil contra as forças ítalo-alemãs. O avô do historiador militar Carlos Daróz estava no inferno na frente italiana – ele participou das batalhas de Monte Castello, Montese e Fornovo. Portanto, o tema do cientista do segundo mundo está próximo. Junto com sua filha, Carlos escreveu um livro sobre pilotos soviéticos.

Soldados brasileiros durante a batalha de Monte Castelo (25 de nov. de 1944 – 22 de fev. de 1945). Crédito: Domínio Público.

Quando li o livro de Svetlana Aleksievitch ‘A guerra não tem rosto de mulher’, fiquei impressionado com a força do espírito das mulheres soviéticas. E comecei a estudar as histórias de meninas na frente, pilotos. Infelizmente, apenas uma delas sobreviveu, então pesquisei informações de livros de autores russos e americanos, em arquivos e bibliotecas, para encontrar evidências históricas”, explica Daróz.

O livro do historiador foi apresentado no ano passado em Moscou, em uma reunião entre veteranos russos e brasileiros. No 75º aniversário, o Daróz planejava apresentar de forma independente o trabalho em uma exposição de livros, mas a epidemia de coronavírus fez com que os planos tomassem outra direção, e o evento teve que ser adiado. Será possível ver as coleções de autores do BRICS sobre a Segunda Guerra Mundial no outono.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Liudmila Sekatcheva, presidente da Organização Pública Regional do BRICS: Mundo das Tradições comentou sobre o projeto de reunir o trabalho de pesquisadores provenientes de países tão geograficamente distantes: “Este é um projeto único em termos de união de pessoas, porque os povos do BRICS não conhecem a história da guerra de cada país e nem sempre entendem completamente o papel e o significado do esforço do povo soviético nesta guerra. A esse respeito, gostaria de destacar especialmente o livro de autores brasileiros ‘A Grande Guerra Patriótica da União Soviética’. Planejamos até publicar este livro em russo para que ele se torne um manual para escolas e universidades”.

Crédito: Twitter.

O historiador e escritor brasileiro  João Claudio Platenik, juntamente com seus colegas no livro “A Grande Guerra Patriótica do Povo Soviético”, descreve as principais batalhas da Frente Oriental, incluindo a defesa de Stalingrado, a batalha de Kursk e a batalha de Rjev. “O Brasil está muito longe da Rússia, por isso devemos nos unir para proteger a memória do herói histórico soviético e brasileiro. Porque todos nós vencemos a guerra juntos, e não apenas os Estados Unidos e a Grã-Bretanha, como algumas pessoas acreditam, incluindo alguns moradores do Brasil. Mas estes são ecos da Guerra Fria. Nosso objetivo é preservar a realidade histórica”, afirma.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para mantê-lo não apenas nas páginas dos livros, mas também na Internet, a TV BRICS e seus parceiros produziram o documentário “Stalingrado desconhecido”. O projeto fala sobre as batalhas imerecidamente esquecidas da Segunda Guerra Mundial e seus heróis do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O filme incluiu uma entrevista com autores brasileiros de livros sobre a Grande Guerra Patriótica. No total, a exposição contará com coleções de todos os cinco grandes países: o Império Indiano na guerra, a China e a URSS, os sul-africanos contra Rommel. A geografia dos autores das coleções históricas mostra que o mundo inteiro foi atraído para a luta contra o inimigo. O “Comitê Público de Veteranos de Guerra” instituiu uma medalha pela vitória conjunta sobre o fascismo. Dois autores brasileiros já receberam o prêmio.

Anastasia Shkitina, Alexander Ermolaev, Kirill Palmovsky

TV BRICS

Tradução e adaptação: Alessandra Scangarelli Brites

Fonte: Texto originalmente publicado em TV BRICS.
Link direto: https://tvbrics.com/shows/pisateli-i-zhurnalisty-stran-briks-rasskazali-o-vtoroy-mirovoy-voyne-v-svoikh-knigakh/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: