Presidente Maduro anuncia 12 novos acordos entre Venezuela e Rússia

Crédito: http://www.mppre.gob.ve/

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou, nesta terça-feira, durante o encerramento da Comissão Intergovernamental de Alto Nível Rússia-Venezuela (CIAN), que a reunião foi uma das melhores, no que tange ao objetivo de promover a construção de uma agenda de cooperação conjunta até 2031. No palácio Miraflores, as delegações russa e venezuelana da CIAN, presididas pelo vice-primeiro-ministro russo, Iuri Borisov, e pelo ministro Tareck El Aissami, respectivamente, assinaram 12 documentos de projetos importantes nas áreas de alimentos, saúde, medicamentos, vacinas, técnico-militar, econômica e petróleo, entre outros. O Chefe de Estado agradeceu à Rússia por estar na vanguarda de um novo mundo pluripolar e pluricêntrico que permitiu à Venezuela proteger-se desta pandemia.

“Esta reunião foi uma das melhores da Comissão de Alto Nível Rússia-Venezuela. Estamos no caminho certo!”. Ao mesmo tempo, informou que ambas as nações assinaram doze acordos de cooperação nas áreas financeira, energética, militar, alimentar e de saúde. Maduro: “Podemos mostrar a relação entre Rússia e Venezuela como modelo. Trata-se de uma relação exemplar entre uma gigantesca potência mundial eurasiana e um pequeno país sul-americano que é uma potência moral para Bolívar e para Chávez“.

O presidente destacou que os resultados da jornada de trabalho demonstram a vitalidade das relações de cooperação abrangentes. “Como Presidente Constitucional da República Bolivariana da Venezuela, aqui presente e vitorioso, posso assegurar que um outro mundo melhor veremos e construiremos juntos à Rússia, à Venezuela e toda a humanidade”, destacou. Em seu discurso, o alto dignitário também reconheceu a trajetória científica da Rússia. “Com o passar do tempo, a humanidade viu o surgimento de uma nova Rússia democrática, com uma economia blindada, com uma indústria poderosa, com uma agricultura poderosa e com um povo poderoso. Tenho que agradecer à Rússia por seu apoio e compromisso em aumentar o fornecimento da vacina Sputnik-V à Venezuela”.

Da mesma forma, o presidente especificou que o povo venezuelano tem acesso às doses da vacina gratuitamente. O presidente venezuelano também enviou uma mensagem de agradecimento ao seu homólogo russo Vladimir Putin“Da Venezuela enviamos nossos abraços a esse grande líder da paz, um exemplo de perseverança por um mundo pluripolar, sem hegemonia”, disse.

Da mesma forma, anunciou que a Venezuela participará da fase de estudo da segunda vacina da Rússia contra a Covid-19 com o nome EpiVacCorona“Chegou à Venezuela para estudos e serão assinados os acordos para a aquisição da EpiVacCorona, a segunda vacina 100% eficaz da Rússia. Obrigado, Rússia!”.

OPEP vai estabilizar o mercado de petróleo

Maduro ainda ressaltou que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) tem sido decisiva na estabilização do mercado de petróleo e na reação positiva da economia mundial: “A OPEP + demonstrou sua relevância, sua utilidade, sua força. Na primeira etapa, conseguimos estabilizar o mercado de petróleo por quase três anos ”, declarou o presidente Maduro.

Fonte: texto publicado no site do Cotidiano. Fonte original: teleSUR/VTV
Link direto: https://www.cotidiano.org/presidente-maduro-anuncia-12-novos-acordos-entre-venezuela-e-russia/

 

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: