O fim da romantização nas telas da Guerra no Pacífico

“Na praia de corais da Eniwetok Engebi Island, um fuzileiro naval arrasta um camarada morto para fora das ondas.” Crédito: George Strock Life & Time Pictures/ Getty Images.

A filmografia da Segunda Guerra Mundial no teatro de operações do Pacífico por décadas seguiu o padrão Hollywoodiano de tudo muito limpinho, heróico, com batalhas que resultavam quase sempre na vitória do Exército norte-americano. Resumindo: completamente fora da realidade do que ocorrera.

O filme que sinalizou uma mudança nessa visão e trazendo a realidade dura, cruel e impiedosa das batalhas no Pacífico foi “Além da Linha Vermelha” (1998), do filósofo Terrence Malick. Uma obra muito bem construída, com vários atores famosos fazendo papéis pequenos propositalmente, dando uma importância maior aos dramas pessoais e à insensatez das operações, do que aos combates em si e a atos heróicos.

Infelizmente, foi lançado na mesma época que o “Resgate do Soldado Ryan” (1998),  dirigido por Steven Spielberg, que exatamente, por focar no tradicional e já batido heroísmo norte-americano, com o filme se iniciando e terminando com a imagem da bandeira dos EUA, foi muito mais difundido e premiado pela Academia (Óscar). Já no filme “Além da Linha Vermelha” tanto o início, quanto o final são dramáticos, sem maniqueísmos e heroísmos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Depois se seguiram outros com maior ou menor enfoque como “Códigos de Guerra” (2002), do cineasta chinês John Woo, que traz o drama dos índios navajos que serviram no exército norte-americano. Assim, chega-se aos dois filmes de Clint Eastwood que foram um marco cinematográfico e histórico: “A Conquista da Honra” (2006) e “Cartas de Iwo Jima” (2007).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estes contam a história em torno da sangrenta batalha de Iwo Jima da ótica dos norte-americanos e dos japoneses. Pelo lado dos EUA (A Conquista da Honra), vê-se a preocupação maior com a propaganda do que com o destino dos soldados, jovens enviados ao matadouro, tendo que enfrentar fortificações subterrâneas e camufladas, em uma resistência feroz e sofrendo fortes baixas. É emblemática a preocupação com a famosa cena da bandeira norte-americana no topo do monte Suribachi. A propaganda da guerra era o que importava para o governo norte-americano e para o Pentágono.

Pelo lado do Japão (Cartas de Iwo Jima), a preocupação excessiva com a honra e o sacrifício sem medir o custo humano, levou milhares de japoneses à morte encurralados entre a superioridade bélica norte-americana e a obrigação moral de resistirem até o final. O desespero ante a morte iminente seja pelas mãos do inimigo, seja pelas próprias, o questionamento de seu papel e da derrota que se avizinhava para o Japão, são muito bem relatadas nesse drama.

Para melhor conhecimento dos detalhes históricos dessa batalha decisiva da Segunda Guerra Mundial no Pacífico, indica-se o livro “A Segunda Guerra Mundial e seus momentos decisivos”, publicado pela Ed.Nova Cultura, organização de Francisco Carlos Teixeira da Silva, João Claudio Platenik Pitillo, Ricardo Quiroga Vieira e Roberto Santana Santos. É possível adquirí-lo no site Ciências Revolucionárias.

Trailers e vídeos dos filmes citados neste texto:
“Além da Linha Vermelha” (1998), dirigido por Terrence Malick

Comentário de Marcelo Janot sobre o filme de Terrence Malick, no canal do Telecine Cult, no Youtube

Título: Além da Linha Vermelha
País: EUA
Direção:  Terrence Malick
Roteirista:  James Jones (livro), Terrence Malick (roteiro)
Elenco: Nick Nolte, Tim Blake Nelson, Dash Mihok, Michael McGrady, Jared Leto, Elias Koteas, Arie Verveen, Thomas Jane, Danny Hoch, Don Harvey, Woody Harrelson, Paul Gleeson, Travis Fine, Matt Doran, John Cusack, George Clooney, Ben Chaplin, Jim Caviezel, Adrien Brody, Mark Boone Junior, Simon Billig, Penelope Allen, Kirk Acevedo, Miranda Otto, Sean Penn, John C. Reilly, Larry Romano, John Savage, Nick Stahl, John Travolta, Steven Vidler, Will Wallace, Dan Wyllie, Kick Gurry, Donal Logue, Randall Duk Kim, Dane Moreton, Roy Samuelson, Justin Ward, Felix Williamson
Duração: 2h50min
Lançamento: 15 de janeiro de 1999 (EUA)
Idioma: inglês, tok pisin, japonês e grego
Legendas: português

“O Resgato do Saldado Ryan” (1998), dirigido por Steven Spielberg

Título: O Resgate do Saldado Ryan
País: EUA
Direção:  Steven Spielberg
Roteirista:  Robert Rodat
Elenco: Tom Hanks, Tom Sizemore, Edward Burns, Barry Pepper, Adam Goldberg, Vin Diesel, Giovanni Ribisi, Jeremy Davies, Matt Damon, Ted Danson, Paul Giamatti, Dennis Farina, Max Martini, Dylan Bruno
Duração: 2h49min
Lançamento: 24 de julho de 1998
Idioma: inglês, francês, alemão e tcheco
Legendas: português

“Códigos da Guerra” (2002), dirigido por John Woo

Título: Código de Guerra
País: EUA
Direção:  John Woo
Roteirista:  John Rice, Joe Batteer
Elenco: Nicolas Cage, Adam Beach, Peter Stormare, Noah Emmerich, Mark Ruffalo, Brian Van Holt, Martin Henderson, Roger Willie, Frances O’Connor, Christian Slater, Jason Isaacs, William Morts, Kevin Cooney, Holmes Osborne
Duração: 2h14min
Lançamento: 15 de junho de 2002
Idioma: inglês, navajo e alemão
Legendas: português

“A Conquista da Honra” (2006), dirigido por Clint Eastwood

Título: A Conquista da Honra
País: EUA
Direção:  Clint Eastwood
Roteirista: William Broyles Jr., Paul Haggis, James Bradley (livro), Ron Powers (livro)
Elenco: Ryan Phillippe, Jesse Bradford, Adam Beach, John Benjamin Hickey, John Slattery, Barry Pepper, Jamie Bell, , Paul Walker, Robert Patrick, Neal McDonough, Melanie Lynskey, Tom McCarthy, Chris Bauer, Judith Ivey, Myra Turley
Duração: 2h15min
Lançamento: 3 de outubro de 2006
Idioma: inglês
Legendas: português

“As Cartas de Iwo Jima” (2007), dirigido por Clint Eastwood.

Título: Cartas de Iwo Jima
País: EUA
Direção:   Clint Eastwood
Roteirista:  Iris Yamashita, Iris Yamashita (história)
Elenco: Ken Watanabe, Kazunari Ninomiya, Tsuyoshi Ihara, Ryo Kase, Shidô Nakamura, Hiroshi Watanabe, Takumi Bando, Yuki Matsuzaki, Takashi Yamaguchi, Eijiro Ozaki, Nae, Nobumasa Sakagami, Lucas Elliot Eberl, Sonny Saito, Steve Santa Sekiyoshi
Duração: 2h21min
Lançamento: 3 de fevereiro de 2007 (Estados Unidos)
Idioma: japonês e inglês
Legendas: português

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: