CAIXA Belas Artes e CPC UMES Filmes promovem a mostra “Um século de Revolução Russa” em SP

Crédito: Caixa Belas Artes.

O CAIXA Belas Artes de São Paulo, em parceria com a CPC UMES Filmes, promove até o dia 12 de dezembro a mostra “Um século de Revolução Russa”. O objetivo é relembrar um dos acontecimentos mais marcantes do século XX, a Revolução Russa (1917). De acordo com a assessoria do evento, as obras selecionadas abordam, direta ou indiretamente, fatos precedentes ou consequentes da Revolução, pontuando ainda a ascensão e queda do fascismo. É importante salientar que este fato histórico levou a Rússia a passar por enormes mudanças do ponto de vista social, político e cultural, tendo o cinema como uma das suas mais importantes formas de registro. O próprio Vladimir Lenin foi quem proclamou a famosa frase: “De todas as artes, o cinema é a mais importante para nós”.  A Revolução Russa pôs fim a séculos de monarquia absolutista russa, levando ao poder o Partido Bolchevique.

A programação, que iniciou dia 6 deste mês, ainda conta com os seguintes clássicos: “A Mãe” (1989), de Gleb Panfilov, vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes, quarta adaptação cinematográfica do romance homônimo de Maksim Gork“O Fascismo de Todos os Dias” (1965), um documentário dirigido por Mikhail Romm, que instiga uma profunda reflexão sobre a natureza do fascismo, com imagens do arquivo do Ministério da Propaganda do III Reich e da coleção pessoal de Adolf Hitler; dois clássicos do cinema soviético e mundial, “Outubro” (1927) e “O Encouraçado Potemkin” (1925), ambos de Sergei Eisenstein – o primeiro filme marca o décimo aniversário da Revolução, dedicado à tomada do poder na Rússia pelos bolcheviques, já o segundo é considerado o prenúncio da Revolução Russa ao mostrar a revolta de marinheiros de um navio de guerra em 1905; por fim, “As doze cadeiras” (1971), dirigida por Leonid Gayday, trata-se de uma comédia baseada numa história original de Ilya Ilf e Evgueny Petrov, obra que inspirou mais de 20 versões cinematográficas, entre elas “Banzé na Rússia”, de Mel Brooks.

Para adquirir o seu ingresso e obter outras informações acesse o site do Caixa Belas Artes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: