Rigor na Dinastia Chosun

Crédito: https://www.geulmaru.co.kr

A Dinastia Chosun, também conhecida como Choseon, Choson ou Joseon, existiu na península coreana entre 1392 e 1897. Observamos durante essa dinastia o fortalecimento dos ideais confucionistas e doutrinas que marcaram profundamente a sociedade coreana. Durante a dinastia Chosun, os ideais confucionistas fortaleceram 남아선호사상 (preferência por filho homem), 남녀칠세부동석 (homem e mulher depois dos 7 anos não devem dormir juntos), e 남녀칠세불공식 (homem e mulher depois dos 7 anos não devem comer juntos.

Justamente por esse motivo, muitos coreanos consideram a Dinastia Chosun uma das dinastias mais rigorosas. As mulheres da alta sociedade raramente saíam de casa e usavam 장옷 ou 쓰개치마 para esconder o rosto quando precisavam sair.

Hanbok encurtou na Dinastia Chosun

Como vocês podem ver no desenho abaixo, a blusa que chegava na altura da cintura no século 16 ficou tão curta que no século 19 mal conseguia cobrir o sovaco. Bastava levantar o braço para a pele aparecer. Mas por que a blusa ficou tão curta? Curiosamente a blusa curta estava na moda entre as gueixas coreanas por ser considerada extremamente sexy. E essa moda acabou sendo difundida entre as mulheres comuns, chegando a atingir até a alta sociedade.

Crédito: http://news.chosun.com

Peitos a mostra

A blusa do hanbok que acabou ficando mais curta no século 19, deu origem a uma briga que ainda está muito longe de acabar… Há uma briga entre os coreanos por causa de algumas fotos tiradas por estrangeiros durante a Dinastia Chosun. Os estrangeiros que tiraram as fotos durante a Dinastia Chosun achavam esse hanbok curtinho provocante, já que qualquer descuido da mulher deixava parte do peito aparecer. Há relatos de que bastava a mulher carregar um vaso de água na cabeça que dava para ver parte do corpo dela.

“Alguns coreanos acreditam que as fotas das mulheres com o peito a mostra foram manipuladas, enquanto outros acham que era um costume da época”. Crédito: https://www.geulmaru.co.kr

Alguns coreanos acham que as fotos onde aparecem as mulheres com o peito a mostra foram manipuladas. Enquanto que outros coreanos acham que era um costume da época. Alguns coreanos defendem que durante a Dinastia Chosun, o peito era visto apenas como uma “mamadeira”, por isso não havia motivo para a mulher sentir vergonha. Enquanto outros coreanos alegam que as fotos foram manipuladas para denegrir a imagem da antiga Coreia.

Os historiadores ainda não entraram num acordo, por isso curiosamente os estudantes coreanos não aprendem na escola que as mulheres da Dinastia Chosun que davam luz a um menino costumavam andar com o peito à mostra. Dar luz a um menino era considerado motivo de grande orgulho, já que esse menino preservaria o nome da família.

E por fim…

Mas quem sou eu para concluir algo que ainda está em discussão entre os historiadores coreanos. Mas deixe-me contar só uma coisinha… A foto a seguir é a escultura da Virgem Maria usando hanbok (roupa tradicional coreana), carregando o menino Jesus nas costas e que está na Embaixada da Coreia em Vaticano. Essa escultura de 2 metros da Virgem Maria é uma obra do escultor Oh Chae-Hyun. Observe que a Virgem Maria está carregando o menino Jesus nas costas e tem um vaso de água na cabeça. Ah, se você prestar mais atenção no hanbok (roupa tradicional coreana) verá que o peito está a mostra.

Juliana Oh

Iniciou os estudos de administração de empresas na Universidade de São Paulo (USP) e se formou na Yonsei University em Seul, capital da Coreia do Sul. Tradutora, legendadora e intérprete de coreano há 20 anos.

2 comentários em “Rigor na Dinastia Chosun

Adicione o seu

  1. É por isso que sempre achei que eu tive uma vida passada e foi na Coreia porque tenho duas filhas e amamentei a mais velha até os 8 anos e a mais nova até os 5 e nunca tive vergonha de colocar meu peito pra fora para dar de mamar as minhas filhas fosse qualquer lugar.
    Amava amamentar.
    Suzy Aquino
    Canal da Omma

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: