FRAPA lança podcast sobre roteiro

Crédito: Leo Lage.

Está no ar o podcast do FRAPAFestival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre. A cada semana profissionais do audiovisual vão trazer diversos assuntos relacionados ao universo dos roteiros. O primeiro episódio do Frapacast tem o título “Grandes Personagens Mulheres” e discute a presença feminina na dramaturgia cinematográfica.

Gravado durante o FRAPA do ano passado, o debate analisa as protagonistas de três produções nacionais recentes. Em duas horas são discutidas “As Boas Maneiras”, “Que Horas Ela Volta?” e “Temporada”. Participam as roteiristas Érica Sarmet (“Medusa”), Jaqueline Souza (“A Fome não tem Classe”) e Marília Nogueira (“Praça Paris”), com mediação de Camila Agustini (“Lucía e a Piscina”).

Crédito: Leo lage.

O segundo programa tem o título “Curadoria do FRAPA abre o jogo: erros comuns que podem prejudicar o seu roteiro”, com os convidados Carolina Silvestrin (“Cidades Fantasmas”), Davi de Oliveira Pinheiro (“Porto dos Mortos”) e Janaína Fischer (“Doce de Mãe”), com mediação de Denise Marchi (“Rebojo (O Sal da Lagoa)”). O terceiro episódio traz a master class do roteirista George Moura, realizada no primeiro dia do FRAPA 2019.

Autor de sucessos de público e crítica da TV brasileira recente como “O Canto da Sereia”, “Amores Roubados”, “O Rebu” e “Onde Nascem Os Fortes”, Moura também roteirizou filmes como “Linha de Passe” e a série “Onde Está Meu Coração” para o Globoplay. Sete vezes indicado ao Emmy Internacional, ele compartilhou com o público do festival detalhes sobre seu processo criativo. O Frapacast é gratuito e pode ser acessado no site do FRAPA, Spotify, Apple Podcasts e Deezer.

Leo garcia e Mariana Mêmis Müller. Crédito: Isidoro B. Guggiana.

Considerado o maior evento voltado ao roteiro de cinema e TV da América Latina, o festival acontece desde 2013 e reúne na capital gaúcha roteiristas de todo o país e convidados internacionais para diversas atividades. Durante quatro dias por ano, profissionais de todo o continente reúnem-se para trocas de experiência e networking. Além de apostar na qualificação profissional de roteiristas e dar visibilidade a projetos, o FRAPA é uma rara oportunidade para que criadores se aproximem de canais, produtoras e distribuidoras.

A atração já trouxe à capital gaúcha nomes como James V. Hart (“Drácula de Bram Stoker”), Miguel Machalski (“América”), Carolina Kotscho (“2 Filhos de Francisco”), Braulio Mantovani (“Tropa de Elite“), Antonia Pellegrino (“Primavera das Mulheres”), Krishna Mahon (“Um contra todos”), Luiz Bolognesi (“Uma História de Amor e Fúria”), entre outros. Netflix, Fox, Amazon Prime Video, O2 Filmes, RT Features, Globo Filmes e Conspiração Filmes foram algum dos players que já participaram do FRAPA.

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: