Roscosmos e a Administração Espacial Nacional da China adotam declaração conjunta sobre a criação da Estação Lunar Científica Internacional

Crédito: https://www.technologyshout.com/

No dia 23 de abril, a Corporação Estatal Roscosmos e a Administração Espacial Nacional da China adotaram uma declaração conjunta sobre a cooperação na criação da Estação Lunar Científica Internacional (MNLS, sigla em russo). Para saber mais leia o texto abaixo.

Levando em consideração a experiência da Federação da Rússia e da República Popular da China no campo da ciência espacial, da criação e do uso de técnicos e tecnologias espaciais, reconhecendo o interesse mútuo na criação da Estação Científica Lunar Internacional, orientada pela legislação de seus Estados, princípios e normas geralmente reconhecidos do direito internacional, tratados internacionais, dos quais seus Estados são participantes, e para realizar a cooperação com base nos princípios de igualdade, abertura e honestidade, publicam em conjunto uma declaração sobre cooperação na criação de uma Estação Lunar Científica Internacional ”, diz no documento.

MNLS é um complexo de instalações de pesquisa experimental criado na superfície e, ou em órbita ao redor da Lua, com o possível envolvimento de outros países, organizações internacionais e outros parceiros internacionais. É projetada para realizar atividades de pesquisa multidisciplinares e polivalentes, incluindo a exploração e uso da Lua, observações lunares, experimentos de pesquisa fundamental e verificação de tecnologia, com a possibilidade de operação não tripulada de longo prazo, com a perspectiva de garantir a presença de uma pessoa.

Ao mesmo tempo, as partes enfatizam que a MNLS está aberta a todos os parceiros internacionais interessados ​​na cooperação, no planejamento, justificativa, design, desenvolvimento, implementação e operação da MNLS, fortalecendo o intercâmbio de pesquisas e promovendo a exploração e uso pacíficos do espaço sideral, no interesse de toda a humanidade. As partes recebem bem a contribuição material e imaterial de parceiros internacionais para a cooperação no campo da criação da MNLS, em qualquer aspecto da missão, em todas as suas fases; e estão convencidas de que a cooperação será mutuamente benéfica para todos os participantes.

A Rússia e a China tradicionalmente esforçam-se para desenvolver a cooperação no campo das tecnologias espaciais, ciência espacial e uso do espaço sideral. Até o momento, no âmbito da interação no campo da exploração lunar e do espaço profundo, um acordo foi assinado e está sendo implementado com sucesso entre a Corporação Estatal Roscosmos e a Administração Espacial Nacional da China sobre cooperação no âmbito da coordenação da missão russa com a espaçonave orbital Luna-Resurs-1 e a missão de pesquisa chinesa na região polar da Lua Chang’e-7, bem como o acordo entre a Corporação Estatal Roscosmos e a Administração Espacial Nacional da China sobre a cooperação na criação de um Centro de Dados conjunto para a exploração da Lua e do espaço profundo“.

Fonte: Texto originalmente publicado em russo no site do Roscosmos.
Link direto: https://www.roscosmos.ru/30837/

Tradução e adaptação: Alessandra Scangarelli Brites, editora da Intertelas

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: