11º CINEFANTASY anuncia os premiados e filmes ficam disponíveis na plataforma Belas Artes à La Carte até 9 de maio

“Rosa Tirana” de Rogério Sagui. Crédito: divulgação.

O ator Silvero Pereira anunciou na noite de sábado, 01/05, os premiados do 11º Cinefatasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico, numa cerimônia virtual realizada no canal do YouTube do evento. Os filmes premiados permanecem disponíveis até o dia 09/05, na plataforma Belas Artes à La Carte. Os títulos das mostras competitivas concorreram ao Troféu José Mojica Marins, exceto a Mostra Fantastic Black Power, que estreou este ano na programação e prestou uma homenagem ao ator João Acaiabe, falecido recentemente, com o Troféu João Acaiabe.

 O filme Sayo de Jeremy Rubier (Canadá), foi eleito o melhor longa de ficção e melhor roteiro, e “A Vingança de Jairo”, de Simón Hernández (Colômbia) levou o prêmio de melhor longa de documentário. O prêmio de melhor direção de longa foi para Jenneke Boeijink de “Porcelana” (Holanda), melhor ator foi para Levente Molnár de “Ravina” (Hungria), e prêmio de melhor atriz foi para as atrizes Arlete Dias, Mary Dias, Wall Diaz do filme “Voltei!” (Bahia-Brasil).

Já os curtas “Rong” de Indira Iman (Mulheres Fantásticas), “Primeiro Carnaval” de Alan Medina (Fantástica Diversidade), “Vizinhança” de Lucas Carvalho (Amador), “Resta Um” de Sebastian Doringer (Curta Animação), “Mãtãnãg – A Encantada” de Shawara Maxakali e Charles Bicalho (Brasil Fantástico), “Continua Aí?” de Mónica Zamora (Espanha Fantástica), “Uma Breve História Do Ser Humano” de Lucas Calegari Bastos (Estudante),”Todo Poderoso” de Christopher Tenzis (Fantasia), “Cuco” de Jörgen Scholtens (FantasTeen), “O Homem Da Reciclagem” de Carlo Ballauri (Ficção Científica), “O Matar De Uma Criança” de Kim Kokosky Deforchaux (Horror), “Latitude De Primavera” de Sylvain Cuvillier, Chloé Bourdic, Théophile Coursimault, Noémie Halberstam, Maŷlis Mosny, Zijing Ye (Pequenos Fantásticos), também levaram o Troféu José Mojica Marins. O Troféu João Acaiabe da nova mostra Fantastic Black Power, foi para o curta “República” de Grace Passô.

O longa “Rosa Tirana” de Rogério Sagui e o curta “Rasga Mortalha” de Thiago Martins de Melo receberam o Prêmio Tanu Distribuicion, distribuição dos filmes por um ano em festivais da América Latina e irão representar o Brasil no disputado Prêmio FANTLATAM, premiação internacional da Alianza Latinoamericana de Festivales de Cine Fantástico. O curta “Vizinhança” de Lucas Carvalho (mostra Amador) e “Uma breve história do ser humano” de Lucas Calegari Bastos (mostra Estudante), levaram o Prêmio AIC, e o Rasga Mortalha  de Thiago Martins de Melo Prêmio CTAV com Kit Black Magic e lentes por até 15 dias.

O júri de longas foi composto por Claudia Ruiz (Argentina), Emilio Bustamonte (Peru) e Leopoldo Muñoz (Chile) de ficção e Cavi Borges, Celso Sabadin e Lina Chamie da mostra de documentários. E o júri das mostras de curtas foi composto por Bertrand Lira, Francisco Gaspar e Ingrid Soares (Brasil Fantástico), Clarissa Vieira, Juliana Lima e Lobo Mauro (Fantastic Black Power), Ana de Hollanda, Maria Clara Spinelli e Tati Regis (Mulheres Fantásticas), Celso Curi, Marcio Rosario e Paula Ferreira (Fantástica Diversidade), Bruno Carmello, Helena Albergaria e Marcos DeBrito (Horror), Alfredo Suppia, Getro Guimarães e Susan Kakik (Ficção Científica), Aryanne Ribeiro, Eduardo Nasi e Renato Chocair (Fantasia), Marta Russo, Matheus Rufino e Otavio Moulin (Animação), Alejandro Yamgotchian, Juan Lozano e Tatina Lechner Quiroga (Espanha Fantástica), Julia Maria, Lucia Caus e Hsu Chien (Fantasteen), Daniela Peneluppi, Lilian Trigo e Mayra Alarcón (Pequenos Fantasticos), Filipe Falcão, Marciel Consani e Tamires Serket (Estudante) e Ivo Costa, Maria Izabel Casanovas e William Cristiano (Amador).

11ª edição do Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico, que aconteceu até 02/05, de forma digital, na plataforma Belas Artes à La Carte e nas redes sociais do festival, contou mais de 150 filmes nacionais e internacionais, entre longas e curtas e prestou uma homenagem ao diretor Neville D’Almeida, ícone do cinema nacional. O festival contou com diversas atividades paralelas gratuitas, encontros, debates e workshops com nomes como Rodrigo Teixeira (RT Features), Mariana Jaspe, Jefferson De, a escritora Robin R. Means Coleman (Horror Noire), o cineasta argentino Hernán Moyano, entre outros. Já a exposição online Xirê Dos Orixás, de Jan Brapa, acontece até 01/09. O evento teve patrocínio do Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e FlyCow. O projeto foi realizado por meio da Lei Aldir Blanc.

Veja a lista completa com os premiados do 11º CINEFANTASY
Melhor Filme de Longa-metragem Ficção: SAYO de Jeremy Rubier
Melhor Filme de Longa-metragem Documentário: A VINGANÇA DE JAIRO de Simón Hernández
Melhor Direção de Longa-metragem: JENNEKE BOEIJINK de PORCELANA
Melhor Roteiro de Longa-metragem: SAYO de Jeremy Rubier
Melhor Ator de Longa-metragem:  LEVENTE MOLNÁR de RAVINA
Melhor Atriz de Longa-metragem:  ARLETE DIAS, MARY DIAS, WALL DIAZ de VOLTEI!
Melhor Curta Amador: VIZINHANÇA de Lucas Carvalho
Melhor Curta Animação: RESTA UM de Sebastian Doringer
Melhor Curta Brasil Fantástico: MÃTÃNÃG – A ENCANTADA de Shawara Maxakali e Charles Bicalho
Melhor Curta Espanha Fantástica: CONTINUA AÍ? de Mónica Zamora (Menção Honrosa para ROSTOS de Iván Sáinz-Pardo)
Melhor Curta Estudante: UMA BREVE HISTÓRIA DO SER HUMANO de Lucas Calegari Bastos
Melhor Curta Fantasia: TOQUE PODEROSO de Christopher Tenzis (Menção Honrosa para 2030 de Julio Urbano)
Melhor Curta FantasTeen: CUCO de Jörgen Scholtens
Melhor Curta Fantástica Diversidade: PRIMEIRO CARNAVAL de Alan Medina
Melhor Curta Ficção Científica: O HOMEM DA RECICLAGEM de Carlo Ballauri
Melhor Curta Horror: O MATAR DE UMA CRIANÇA de Kim Kokosky Deforchaux
Melhor Curta Mulheres Fantásticas: RONG de Indira Iman (Menção Honrosa para EU TENHO O BLUES de Maysaa Almumin)
Melhor Curta Pequenos Fantásticos: LATITUDE DE PRIMAVERA de Sylvain Cuvillier, Chloé Bourdic, Théophile Coursimault, Noémie Halberstam, Maŷlis Mosny, Zijing Ye (Menção Honrosa para OM de Gabriela Fernández)
Melhor Curta Fantastic Black Power: REPÚBLICA de Grace Passô (Troféu João Acaiabe)

Prêmio Tanu Distribuicion America Latina 
Longa-metragem: ROSA TIRANA de Rogério Sagui
Curta-metragem: RASGA MORTALHA de Thiago Martins de Melo

Prêmio CTAv
RASGA MORTALHA de Thiago Martins de Melo

Prêmio AIC
Melhor Curta Amador: VIZINHANÇA de Lucas Carvalho
Melhor Curta Estudante: UMA BREVE HISTÓRIA DO SER HUMANO de Lucas Calegari Bastos

Indicados FANTLATAM 2021
Melhor Longa-metragem: : ROSA TIRANA de Rogério Sagui
Melhor Curta-metragem: RASGA MORTALHA de Thiago Martins de Melo

Deixe seu comentário

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: