Amazônia: o olho do furacão

Em 2019, nenhum outro país depois dos Estados Unidos tem sido alvo de tantas atenções por suas polêmicas quanto o Brasil. A posição de bom moço, histórica do país nas relações internacionais, tem sido substituída por uma outra completamente oposta, mas que de certa forma expõe a atual crise das organizações internacionais pós-1945. O país,... Continuar Lendo →

O acordo Mercosul e União Europeia e as implicações para a economia brasileira

Em um cenário econômico mundial onde o setor financeiro ainda se mantém como o principal tomador de decisões, promovendo a ideologia neoliberal entre  muitos economistas e líderes nacionais, a máxima de que o livre comércio e o Estado mínimo são requisitos essenciais para o desenvolvimento econômico continua imperando em algumas regiões. Atualmente, no Brasil, o... Continuar Lendo →

O pleno emprego como suporte da democracia

A maioria das pessoas consultadas sobre o significado da palavra “democracia” dirá que se trata de um regime político caracterizado pelo “poder do povo”. É um equívoco. “Demo”, em grego antigo, não significa povo. Significa uma medida agrária usada por Sólon, o legislador lendário, para delimitar propriedades rurais na Ática clássica. Com isso, etimologicamente, “democracia”... Continuar Lendo →

O martírio da classe operária em “Eu, Daniel Blake”, de Ken Loach

O combativo Ken Loach “Eu, Daniel Blake” é um grito político e social que o diretor britânico realiza com sensibilidade e urgência. O estilo narrativo de Loach é simples, formal, sem arroubos técnicos. Seu óbvio interesse é contar uma história simples e poderosa, que desenvolve com costumeira eficiência. Dos seus filmes emana a ideia clara de superioridade moral da classe... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑