Minicurso sobre cinema japonês no pós-guerra e a obra de Kurosawa integra a programação do “II Diálogos sobre História”, promovido pela UFPR

A sétima arte no Japão, durante o período posterior à Segunda Guerra Mundial, é tema do minicurso "Cinema japonês e pós-guerra: Análise da obra 'Não Lamento minha Juventude', de Akira Kurosawa (1946)", a ser ministrado pela historiadora, mestranda Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e colunista da Revista Intertelas Marina de Jesus Amaral Spíndola e pelo... Continuar Lendo →

NYAFF: “The Last of the Wolves”- um retrato explícito da violência crua e dos laços entre o mundo do crime e a polícia no Japão

Por anos tenta-se promover uma imagem da sociedade japonesa desprovida, ou que contém poucos traços negativos. Criou-se uma caracterização de quase perfeição, onde os problemas não estão vinculados às questões sobre desvio de caráter, moral, ou problemas estruturais sistêmicos, decorrentes de falhas como disputa de poder, ganância por lucro e etc. Afinal, por exemplo, se... Continuar Lendo →

I Jornada Afroasiática de História da UNIFESP promove CineDebate com o filme de terror japonês “Kairo”

No dia 10 de dezembro, durante a programação, gratuita e online, da I Jornada Afroasiática de História da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), das 19h às 20h30, será realizado um CineDebate sobre o filme de terror japonês "Kairo" (2001), de Kiyoshi Kurosawa, com a professora e pesquisadora Marina de Jesus Amaral Spíndola. Segundo ela,... Continuar Lendo →

“The light shines only there”: a perversidade da crise socioeconômica japonesa e a dor de seus destituídos

Guerras, desastres naturais e outras tragédias sempre são apontados como exemplos de situações catastróficas, destruidoras de vidas e etc. Apesar de saberem das terríveis consequências da desigualdade social, da pobreza, em seus mais diversos níveis, normalmente o sistema relativiza de forma absurda a crueldade de uma crise econômica que, geralmente, acaba por resultar, consequentemente, em... Continuar Lendo →

por Anders Noren

Acima ↑